O sol como aliado, e não um inimigo

O sol como aliado, e não um inimigo

Já percebeu que os dias estão cada vez mais quentes? Principalmente no verão, percebemos como são frequentes aqueles dias com sol forte e temperaturas altas, situação agravada pela poluição e pela quantidade de concreto das grandes cidades. Quando lemos ou ouvimos sobre aquecimento global, muitas vezes temos a impressão de que só sentiremos os efeitos daqui centenas ou milhares de anos. Mas para quem não quer arriscar, é bom lembrar das  regras de ouro dos cuidados com o sol.

>>Considere todo sol perigoso

Especialistas dizem que o horário de maior incidência de raios UVA e UVB (e mais riscos) é entre 10 horas e às 16 horas. Mas, convenhamos, quase ninguém chega à praia às 7h ou às 5h da tarde. No horário de maior risco, as duas radiações agem praticamente o tempo todo e provocam danos com a mesma intensidade, por isso não existe dose ou horário seguro de exposição ao sol. Curta a praia sem neura com proteção solar.

>>Aplique o protetor ainda em casa

Passe o creme antes de sair para a praia, enquanto você está limpo, livre de areia e suor. A sua proteção depende da qualidade da aplicação. Hoje, os filtros começam a agir quase imediatamente: não é mais preciso esperar meia hora antes de se expor ao sol. Um cuidado simples que faz toda a diferença.

O sol como aliado, e não um inimigo

O sol como aliado, e não um inimigo

A Nivea Lançou o Invisible Protection Spray. Com uma fórmula transparente e textura não oleosa (líquida quase como água), ele promete ser rapidamente absorvido pela pele. O mais novo lançamento da Nivea faz parte de uma nova geração de protetores solares que são mais práticos de aplicar e tem ação imediata. Disponível na versão FPS 30 e 50.

>>Não economize no produto

O uso da porção certa do creme, sem economia, é o fator mais importante para garantir a proteção. Quando não se aplica a quantidade correta, não se atinge o FPS indicado no rótulo e o nível de proteção cai para um terço, aproximadamente. Recomenda-se uma colher de chá para o rosto, uma para o peito, uma para as costas e uma para os braços e para as pernas, em cada um dos membros.

PROTETOR SOLAR SUN COM AÇÃO HIDRATANTE FPS 30 – 125ML

O sol como aliado, e não um inimigo

Opte pelo Nivea Sun Spray com ação hidratante, que vem numa embalagem de 300ml (grande hein!) Dura o verão todo! Ele protege de forma confiável e sua rápida absorção também hidrata profundamente a pele, prevenindo rugas causadas pela exposição/radiação solar.

>>Lembre-se de reaplicar várias vezes<<

>>Não vale passar o creme uma vez só e achar que está protegido indefinidamente. A recomendação médica é reaplicar o produto a cada 2 horas ou depois de mergulhar. Alguns protetores solares modernos resistem à água, vale conhecer o Nivea Sun protetor solar em spray, um reforço na proteção nunca é demais.

PROTETOR SOLAR SUN FPS 15 SPRAY – 115ML

O sol como aliado, e não um inimigo

>>Atenção especial ao rosto

Filtros de uso diário, além de proteger a pele da radiação UVA e UVB, controlam o brilho e o excesso de oleosidade. Pela manhã, aplique um produto com fórmula especial para o rosto, com FPS 25, e reaplique após o almoço. Caso pratique corrida ou outro esporte ao ar livre, opte por FPS 60 em produto para uso esportivo (que resiste ao suor, adere melhor à pele e não escorre nos olhos). Vale a regra dos produtos de praia: reaplicar a cada 2 horas ou após longos períodos na água.

PROTETOR SOLAR NORMALIZE MATTE FPS 25 – 50 ML

PROTETOR SOLAR NORMALIZE FPS 60 – 50 ML

 Para o rosto protetores Ada Tina  com ingredientes naturais das olivas italianas.

>>Qualidade em primeiro lugar

Um filtro com FPS 30 de uma marca barata pode ser tão eficaz quanto outro de outra marca cara, com o mesmo fator de proteção, mas suas propriedades podem ser diferentes. Mais do que o nível de proteção, o diferencial de fato está na fórmula. Os bons protetores solares costumam ter ativos hidratantes, antioxidantes e anti-idade, reduzem o brilho e nutrem a pele. Você sai ganhando de todos os lados!

Ah, e não esqueça do fator “perigo extra”. Água, areia e neve refletem os raios solares, aumentando sua força nociva. Enquanto você se diverte na praia, a areia aumenta em 20% os efeitos dos raios de sol e a água em 30%. Já a neve é pior: aumento do risco em 80%.

O sol como aliado, e não um inimigo

Amanda Sergio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *